TCG – Trading Card Game

TCG ou Trading Card Game (em uma tradução literal, Jogo de Troca de Cartas) é uma espécie de jogo que consiste na compra de booster packs (pacotes com cartas variadas) ou decks (baralho de cartas padrão), na troca desses cards e no jogo propriamente dito.

Pokémon, sendo a grande franquia que é, não poderia deixar de possuir um jogo desses. Introduzido pela primeira vez no Japão em 1996, teve como inspiração, as primeiras franquias para os videogames Pokémon Red, Blue e Green, tendo evoluído e se aprimorado à medida que os novos jogos da franquia foram lançados.
Diferentemente dos videogames, o TCG de Pokémon conta com apenas 11 tipos (contra os 18 da franquia original), que são Psíquico  (que engloba pokémons psíquicos, venenosos e fantasmas), Sem cor  (pokémons normais, voadores e, previamente, pokémons dragão), Luta  (lutadores, terrestres e de pedra), Água  (água e gelo), Grama  (grama, inseto e previamente, venenosos), Elétrico Fogo Fada Dragão Escuridão  e Metal .
Como nos jogos de videogame, os seus pokémons evoluem, tornando-se assim, mais fortes. Para entendermos melhor sobre isso, peguemos, por exemplo, um Squirtle, o primeiro estágio de uma cadeia com três evoluções. No TCG, Squirtle é um Pokémon básico. Sua evolução, o Wartortle, é chamado de estágio 1 e, por último, Blastoise é um Pokémon estágio 2. Lendários e pokémons que não possuem evolução são considerados básicos.
Cada card de pokémon tem seu HP (pontos de saúde). Quando esses pontos chegam à zero, o pokémon é enviado para a pilha de descarte. No TCG, o tipo do ataque é igual ao tipo do Pokémon que o usa, independente da energia necessária para realizar o ataque, por exemplo, todos os ataques de um Pokémon tipo fogo, será tipo fogo. Alguns desses pokémons também possuem habilidades que funcionam de forma parecida com as dos jogos. Além disso, se desejar, você pode recuar seu pokémon ativo (o que irá atacar por você), porém a maioria dos pokémons têm um custo para recuar, que pode ser encontrado do canto inferior esquerdo da carta. Também temos, é claro, fraquezas e resistências, encontrado também no canto inferior esquerdo. Essas funcionam basicamente como nos jogos. Peguemos novamente como exemplo o Squirtle, um pokémon tipo água. Sua fraqueza no TCG é grama, ou seja, ele leva duas vezes o dano. 
Nesses jogos, ao invés de PP’s, utilizam-se energias para realizar os ataques de seus pokémons, estas possuindo dez tipos dos previamente citados (não existem energias tipo dragão), além de energias especiais. Para auxiliar seu jogo, existem ainda cards de treinadorcards de apoiador e cards estádios. Em cada deck, é necessário possuir um total de 60 cartas, incluindo energias, pokémons e cards auxiliares.
Existem também Pokémons-, pokémons básicos, muitas vezes lendários, que possuem o HP significativamente maior, e muitas vezes, ataques muitos poderosos. Por serem básicos, pokémons como Blastoise, Charizard e Venusaur podem ser facilmente jogados, sem necessidade de suas pré-evoluções. Nas novas coleções de cards, introduzidas com a sexta geração, foram criadas as cartas , que consistem nas mega evoluções apresentadas nessa mesma geração e evoluem dos pokémons- de mesmo nome. Mas todo esse poder vem com uma adversidade: quando um pokémon- é nocauteado, ao invés de se pegar uma carta prêmio, pega-se duas e no turno que se evolui um , não se pode atacar.

“E afinal de contas, como se joga?”

1 – Embaralhe o deck e retire 7  cartas;

2 – Procure nas cartas em sua mão um Pokémon básico. Se não possuir algum, devolva as cartas ao deck, embaralhe novamente e retire 7 cartas. Repita esse processo até retirar um pokémon básico (para cada vez que realizar essa ação, seu oponente tem a opção de comprar mais 1 carta);
3 – Escolha um dos seus pokémons básicos para ser seu pokémon ativo. Ele que irá atacar por você;

4 – Se tiver outros pokémons básicos, coloque-os no banco (máximo de 5 pokémons);
5 – Retiram-se 6 cartas do topo de seu deck para serem suas cartas prêmio;
6 – Joga-se uma moeda para decidir quem vai primeiro.
7 – No início de seu turno, retire 1 carta;
8 – Durante seu turno, você tem várias opções:

     • Coloque quantos pokémons básicos quiser em seu banco (lembrando que só se pode ter 5 pokémons ao total no banco);
     • Evolua quantos pokémons quiser;
     • Ligue 1 card de energia a 1 pokémon seu qualquer;
     • Jogue quantos cards de treinador quiser, 1 card de apoiador e 1 de estádio;
     • Recue seu pokémon ativo;
     • Use quantas habilidades quiser.
9 – Ataque seu oponente ou passe seu turno (se derrotar um pokémon de seu oponente, escolha uma carta prêmio. Se o pokémon derrotado for , retire duas).

Quando um pokémon sofrer dano, coloque marcadores de dano equivalentes ao dano do golpe. Além de dano, pode-se também sofrer outras condições:

• Paralisado: quando afetado por essa condição, vire a carta para o lado direito. O pokémon não pode atacar nem recuar. Essa condição dura ate o fim do turno;

• Adormecido: quando afetado por essa condição, vire a carta para o lado esquerdo. O pokémon não pode atacar nem recuar. Essa condição dura até o dono do pokémon tirar cara, tendo a oportunidade de tentar entre turnos (no início ou no fim, de ambos os jogadores);

• Confuso: quando afetado por essa condição, vire a carta de ponta cabeça. Quando o pokémon confuso for atacar, uma moeda é jogada, se sair cara, o pokémon atacará normalmente, se tirar coroa o ataque não terá efeito e o atacante receberá 30 de dano;

• Queimado: quando afetado por essa condição, é colocado sobre o pokémon o marcador . Entre os turnos, (no início ou no fim, de ambos os jogadores), caso saia coroa, o pokémon receberá 20 de dano.

• Envenenado: quando afetado por essa condição, é colocado sobre o pokémon o marcador . Entre os turnos, (no início ou no fim, de ambos os jogadores), o pokémon receberá 10 de dano.

Existem três maneira de ganhar o jogo: coletar todas suas cartas prêmio, vencer o ultimo pokémon do seu oponente ou se seu adversário não tiver mais cartas disponíveis para retirar do deck.


Other Articles

Nintendo Anime Channel