REVIEW SUN & MOON 084: A MISTERIOSA MISSÃO DE POIPOLE!

Sun e Moon segue com sua rotina de bons episódios, explorando bem o time de Pokémon do Ash e plantando os detalhes nos lugares certos, para que na hora exata eles possam explodir. O episódio 084 dessa temporada, intitulado “A forma da família – Os sentimentos de Poipole”, explora bem a relação de Poipole e os outros e deixa pistas sobre o aparecimento de Necrozma, que deve fazer sua estreia no episódio 087 (a ser exibido no dia 23 de agosto). Sem mais delongas fique com nossa opinião sobre  o episódio dessa semana, mas fique ciente de que o texto a seguir CONTÉM SPOILERS!

O episódio começa bem mais intenso do que de costume, com Ash utilizando seu time para batalhar entre si numa batalha de duplas, com exceção de Poipole que se diverte assistindo. A batalha é bem legal, as animação e os ataques lembram as melhores batalhas da franquia e é interessante ver a disposição do Ash em treinar seu time, até mesmo o preguiçoso Rowlet que não tem se destacado tanto perto dos demais. O treino se encerra quando Poipole resolve se meter demonstrando o aprendizado do Fury Attack e talvez isso seja uma pista de que Poipole possa se envolver em batalhas mais sérias nos próximos episódios. Ash então parte junto de Kukui e sua esposa para fazer compras, o que dá uma ideia inicial do sentido do título do episódio.

Quem dá as caras em seguida é a treinadora Mina/Matsurika, ela aparece pintando quadros de Pokémon, deixando Ash e Poipole bastante animados. Ela apresenta seu Ribombee que tem a capacidade de interpretar os sentimentos dos humanos e Pokémon. Ash fica tão entusiasmado com Mina e suas pinturas que resolve levar seus amigos para conhecê-la, o que rende uma boa visão dos quadros de Mina, com vários Pokémon e belas paisagens (Saudades Tracey). Mina mostra a todos um quadro que ela pintou com Ash, Kukui, Burnet, Pikachu, Poipole e Rotom, algo que ela define como “família”.

Poipole fica muito feliz com a pintura e Mina traduz seus sentimentos, com a ajuda de sua Ribombee, como “Amor” pela família que ele tem em Alola, o que eu achei muito bonito de ser explorado. Ash sempre teve bons amigos, mas é a primeira vez no anime que ele é acolhido na casa de alguém como se ele realmente fosse parte da família e Poipole traduz bem isso. Poipole expressa seus sentimentos na forma de um “raio” ou “raio de luz” desenhado com sua tinta, algo que ganha mais significado no decorrer do episódio.

Professor Kukui entra em contato com Lusamine e fala sobre as descobertas sobre os sentimentos e a inteligência de Poipole, que nos lembra da do objetivo da missão dos Ultra Guardians, coletar informações sobre as Ultra Beasts e por mais que as vezes nos esqueçamos disso, Poipole é uma Ultra Beast. Então não se impressionem se ele evoluir e ir embora por um Wormhole deixando Ash e todo mundo chorando (Lembram do Goodra?).

O episódio explora de maneira grandiosa a ligação entre Ash, Poipole e Pikachu e se isso estiver nos preparando para uma possível despedida, consegue convencer de que esse elo realmente existe. Depois de cenas bonitinhas com os três, todos vão dormir e Poipole tem um sonho curioso. No sonho há um Naganadel (Evolução de Poipole) rodeado de muitos Poipoles… Poipole acorda e vai até o teto da casa, onde observa o céu de maneira triste, fazendo com que uma lágrima cai de seus olhos.

Poipole continua fazendo desenhos, mas dessa vez ao invés do “raio” que significa amor, ele desenha uma espécie de lágrima, uma clara referência aos seus sentimentos durante a noite anterior. Ash percebe a tristeza de seu amigo e se incomoda com a situação.

 

Antes que Ash chegue até Mina em busca de respostas sobre os sentimentos de Poipole, temos uma cena que se resume a Gangue Skull importunando Mina ao estilo Equipe Rocket, é legal ver os irmãos da gangue reaparecendo, mas nada muito grandioso perto do objetivo principal do episódio. Ash e Mina vencem os vilões numa batalha rápida e Ash pede que Mina e Ribombee tendem entender os sentimentos do Poipole, com base no desenho da “lágrima”.

Mina diz que algo incomoda o Poipole lhe trazendo tristeza, como se ele tivesse que cumprir uma missão, o que deixa Ash inquieto sobre o significado de tudo aquilo. Confesso que essa parte me interessou bastante e muito bom que Pokémon não nos entregue tudo de bandeja, criando um clima de tensão, mistério e expectativa sobre os próximos episódios.

No final do episódio Poipole desenha no teto da casa a imagem que remete ao desenho que Satoshi viu no livro de Acerola nos episódios anteriores, trata-se do Pokémon Lendário Ultra Necrozma, o qual todos o conhecem apenas como “O Pokémon Mais Brilhante de Todos” ou “Senhor da Luz”. Ash ao ver o desenho lembra que no dia em que viu o desenho o Poipole ficou agitado, mas se acalma ao ver os desenhos do “raio” perto do desenho do Necrozma, como se Poipole também o amasse.

Mina/Matsurika deve continuar aparecendo nos próximos episódios junto de um maior foco no Poipole e sua “missão” até que o arco do Necrozma acabe. Sun e Moon trouxe mais um episódio muito bom e nos prepara para mais um excelente arco sobre as misteriosas Ultra Beasts.  Pokémon  volta com episódio novo no dia 09 de agosto (SM 085 –  “Saltando e Escalando, Stakataka!”) e você já pode conferir a prévia CLICANDO AQUI. Até mais pessoal!

 

 

Other Articles