Brasileiro é Campeão Internacional de Pokémon TCG e Último Dia do IC no Brasil

Estamos de volta para cobrir mais um dia de International e, infelizmente, o último. E caso ainda não tenha visto nossa cobertura dos outros dias, basta clicar nos links abaixo:

Latin America International Championship – Dia 1

Latin America International Championship – Dia 2

Mas como já é tradição da Pokémon Company, para o último dia dos Internationals ficam somente as finais. E como já havíamos apontado ontem, havia uma possibilidade de termos brasileiros em todas as finais do TCG. Mas não foi o que aconteceu. Na Master já tínhamos o Dyego Rathje garantido na final, porém a Sênior e Júnior ainda tinham o Top 8 para disputar. E nenhum dos nossos conseguiu chegar a final e nas duas categorias tivemos o duelo entre americanos e canadenses.

Na final da Júnior tivemos o embate entre o canadense Benny Billinger e o americano Bodhi Robinson em uma mirror match de Buzzwole/Lycanroc, o que significa que ambos os jogadores usavam esse mesmo deck.
No primeiro game, o canadense dominou e levou a vitória. No segundo, o americano conseguiu uma virada e venceu o game. E no terceiro game, tivemos uma disputa muito acirrada entre os competidores, mas Benny conseguiu tudo o que precisava na hora certa e conquistou a vitória e o campeonato.

Assim como na categoria anterior, a final da Sênior novamente teve um duelo entre Canadá e Estados Unidos. Lucas Xing, o canadense, veio com um deck de Zoroark/Golisopod enquanto o americano, Preston Ellis, usava um deck de Greninja BREAK.
Devido a fraqueza do sapo maldito de Kalos para ataques de gramas, Lucas chegava como favorito devido ao alto poder de ataque do seu Golisopod. E assim se deu o primeiro game, com Lucas fechando um belo 6×0 pra cima do americano e abrindo vantagem na decisão.
Mas como Greninja é um bixo chato do caramba deck bem parada dura, no segundo game o americano controlou o jogo dos Zoroark do oponente e acabou, por virada, conseguindo a vitória, levando a partida para um último game.
Mas assim como o deck de Greninja é muito chato, ele também é um “canhão de vidro”, pois costuma falhar e travar muito. E infelizmente, para o Preston, foi o que aconteceu na última partida da final. Ele não conseguiu montar seu jogo rápido o suficiente enquanto o canadense tinha um começo arrasador. E com mais um 6×0, Lucas conquistou o International da América Latina na categoria Sênior.

Segundo título de TCG para o Canadá nesse International!

 

COMEÇA O MOMENTO MAIS AGUARDADO POR NÓS!!!
Esse era o momento mais esperado do final de semana por todos aqueles que gostam, torcem e acompanham o cenário de Pokémon TCG nacional. E pra um campeonato realizado em solo brasileiro, ter um compatriota na final é um motivo a mais para assistir. Dyego Rathje, de Minas Gerais, havia conseguido sua classificação para a final ontem à noite, quando jogou contra o espanhol Pedro Torres. E o Americano Azul Garcia, o outro finalista, havia conseguido sua vaga contra outro brasileiro, o Vinicius La Padula.
Então temos aqui nosso elenco principal dessa final.


Azul Garcia Griego, americano com muitos resultados bons nessa atual temporada.


E Diego Rathje, campeão brasileiro na temporada de 2015 e finalista do último regional de Belo Horizonte.

Começa a partida e no primeiro Dyego demostra muita habilidade ao saber controlar muito bem seu deck, ao saber manejar os danos no banco com seu Buzzwole GX e prever situações futuras e como antecipá-las a seu favor. Assim o brasileiro conseguiu deixar o campo do americano inteiramente baleado, com muito dano em quase todos pokémon. Dessa forma não demorou a chegar a situação de vitória e, dessa forma, Dyego teve a oportunidade perfeita para finalizar a partida com seu Oricorio derrubando um Lycanroc GX no banco do Azul.

COMEÇAMOS BEM! Sai 1 x 0 para nosso brasileiro!

No segundo jogo Dyego consegue armar sua mesa muito bem e ir destruindo os recursos que Azul ia colocando na mesa. Mas no meio do game, o jogo vira e Azul começa a montar sua mesa muito mais rapidamente do que Dyego. O gringo consegue montar uma mesa estável e busca a virada, colocando o mineirinho do nosso coração em situação de cheque. Então, numa rodada de milagres, Dyego usa o poder do coração das cartas e saca tudo o que ele precisava do deck E GARANTE O TÍTULO DE CAMPEÃO INTERCONTINENTAL DA AMÉRICA LATINA!!!

Caso queira conferir todas as finais, clique aqui para ir para o canal da Twitch de Pokémon TCG. E se quiser ver apenas nosso guerreirinho sendo campeão, avance o vídeo para 6 horas e 30 minutos.
Infelizmente só tem narração em inglês.

Para os torcedores dos Estados Unidos esse foi um final de semana horrível. Foram mais Vice campeões do que o Vasco e a Argentina juntos no futebol. Só podemos sentir muito pelos imperialistas Yankees.

E com essa vitória maravilhosa e soberana do Dyego, e do Brasil, no LAIC, encerramos nossa cobertura. Mas você pode seguir nossas redes sociais para ficar por dentro do próximo International na América do Norte e também para o Mundial.

Créditos:
Foto de capa – Ruimar Otávio

Other Articles